quinta-feira, 4 de novembro de 2010

II Campeonato Brasileiro de Improvisação

Minha mãe sempre me diz que algumas coisas não voltam atrás, assim como uma oportunidade perdida!
D. Izaura é realmente muito sábia!

Foi por isso que arrumei minhas maletinhas e saí da pequena e pacata cidade de Vila Velha - ES e fui para o mundão do Rio de Janeiro me juntar aos mais engraçados, agéis e talentosos improvisadores do Brasil.

Ano passado "Os Japoneses" (divisão do grupo Alcateia) ganhou o Campeonato Carioca e ficou em terceiro lugar no Brasileiro. Esse ano o Alcateia (formado por Flávio Lobo, Ary Aguiar, Kastello, Danilo Maroja, Susana Soares e Alessandro Valéryo) raspou tudo!!!
Primeiro Lugar no VI Campeonato Carioca (tornando-se bicampeão) e Primeiro Lugar no Campeonato Brasileiro. (Ai que orgulho dox meux amigox cariocaxxx )

Mas não pense que foi molezinha não, por que não foi mesmo!
Estavam lá  "Imprópria Cia de Teatro" defendendo o título de Campeão do ano passado (SP) , "Uma Companhia" (MG),  "Protótipos" (SP), "Impronozes" (SP), Sustentáculos (SP), "Risologistas" (PR) e Ilimitada (RJ).

Os improvisadores de vários grupos no Albergue fazendo a segunda coisa que sabem fazer melhor: confraternizar!

Você meu Leitor Imaginário deve estar se perguntando:
Peraí, se a Fabíola não estava em nenhum desses times, o que ela ganhou com isso?

E eu respondo: - Poder ter contato com todos esses maravilhosos improvisadores, que estão sempre dispostos a compartilhar aprendizado, a trocar conhecimento e a crescer o movimento do improviso no Brasil.

Ainda dentro da programação do Campeonato Brasileiro tivemos as Oficinas de Improvisação com Matheus Bianchim - Imprópria Cia de Teatro (SP) / Uma Cia (MG) e Edson Duavy (Anônimos da Silva (DF).

Da esquerda para direita: Danilo Maroja, Fabíola Mozine (Eu), Edson Duavy, Flávio Lobo (agachado) e Kastello na Oficina de Teatro Físico ministrada por Edson Duavy do Grupo 'Anônimos da Silva" (DF)

 Na segunda (1/11/2010) tivemos as 18:30 na Sede da Cia. de Teatro Contemporâneo o ator Leandro Alves que apresentou seu espetáculo solo de Long Form denominado ESTÓRIA DE NINGUÉM  e as 21:00 o espetáculo de Clown do Grupo RISOLOGISTAS DR. DO RISO.


Destaque para o cavalherismo da Imprópria Cia de Teatro que presentou os grupos adversários com a caninha Rainha do Vale (provada e aprovada!!) e para todo o talento dos "Cantores da Madrugada" que "alegraram" os moradores de Botafogo com um repertório assaz aprazível!


Muitas fotos e vídeos podem ser vistas no blog do Grupo Alcatéia (grupoalcateia.blogspot.com ) e o resumo do Campeonato pode ser lido no blog improvisando (http://improvisandoblog.wordpress.com/2010/11/02/flavio-lobo-cordeiro-polivalencia-a-servico-da-improvisacao-carioca/)

Se você está se torturando porque esse Campeonato passou e você não foi, não se torture tanto. Ano que vem tem mais improvisação.

terça-feira, 31 de agosto de 2010

Vitória 459 anos

Ei, meus leitores imaginários!

Essa semana entrou no ar o Filme Comercial sobre os 459 anos de Vitória (que fica no Espírito Santo - não é Bahia).
Foram 10 dias entre pré-produção, filmagem e edição em uma equipe de produção de mais de 30 pessoas.

Detalhe: Tinhamos 3 dias para filmar e a previsão do tempo era muito ruim. Não é que nos 3 dias Vitória nasceu com um sol lindo e com todas essas cores que vocês podem ver no vídeo.
São 2 Filmes de 60 segundos para comemorar os 459 anos de Viória. Rodado em 16 mm duirantes 3 dias. 43 pessoas no elenco, 25 pessoas na equipe técnica, 8 latas de negativo e muita correria para rodar toda a ilha e mostrar as belezas e os encantos de Vitória.
As 2 versões já estão sendo exibidas na rede de Cinema Kinoplex em Vitória e na TV.

Parabéns a toda equipe (inclusive eu aêêêê) e a Vitória pelos 459 anos de beleza!

Veja o Comercial, clique na imagem abaixo ou nos links do youtube:
http://www.youtube.com/watch?v=IppHDfnTS8M
http://www.youtube.com/watch?v=U4-_KmdbYSQ



video video

quinta-feira, 5 de agosto de 2010

Quem não tem cão...

2 personagens:

mulher: 30 anos, triste
Doutor: 30 anos

Mulher: Eu Cansei! Vou mudar de opção!

Doutor: Mas porque essa decisão tão drástica?

Mulher: Pois então doutor, não aguento mais ser abandonada. Eu nem queria ficar com ele dessa vez, mas ele veio de mansinho, com aquele olhar pidão, pedindo carinho, sempre do meu lado...
Eu sou humana né? E eu moro naquela casa tão grande, sozinha. Eu sei que isso já me aconteceu tantas vezes antes mas dessa vez eu achei que fosse diferente. Eu não suspeitei que pudesse ser abandonada, esquecida, ignorada, rejeitada desse jeito.

Doutor: Mas você deu espaço para ele? Ou ficou sufocando o pobrezinho como vez com os outros?

Mulher: Ô Doutor! Se dei espaço? Como você acha que ele fugiu? Ele tinha livre acesso a minha casa. Deixei ele escolher qual canto da cama queria.

Doutor: E alimentação?

Mulher: Era casa, comida e roupinha lavada.

Doutor: Que estranho! Eles normalmente são fiéis quando tem isso. Você tentou de tudo?

Mulher: Eu tento desde que tenho 15 anos de idade. Já tentei com todos os tipos: grandes, pequenos, peludos, brancos, pretos, todas as raças...sem preconceito nenhum.
Comprei livros. Fui naquelas lojas especializadas para comprar brinquedinhos para agradar.

Doutor: Desde os 15 anos? E sua mãe deixava?

Mulher: Na verdade eu tive um escondido aos 13. Ele ficava sempre perto de casa e de repente parou de aparecer. Me disseram que ele havia sido atropelado. Foi aí que eu criei coragem e minha mãe percebeu que era melhor dentro de casa do que escondido na rua.

Doutor: Desculpa perguntar, mas foram quantos ao todo?

Mulher: Uns 20 eu acho. Já perdi as contas. Teve o Dudu, Rico, Tomy, Roy, Pepê, Phil, Roger, Caco, Tobi, Ben, Dido, Elvis, Guga, Henry, Tom, Juba, Kill, Luca, Nuno, Chico e o Zé que você nem conheceu.

Doutor: Ufa!

Mulher: E todos me abandonaram. Todos fugiram de mim. Todos me engaram com aqueles olhinhos amorosos e demonstração de carinho. Todos falsos.

Doutor: E nenhum nunca voltou?

Mulher: Não. Porque as vezes eles voltam?

Doutor: É. Quando não conseguem outra dona que cuide deles melhor, as vezes eles se arrependem e voltam com o rabo entre as pernas. Mas eu te disse que estava muito cedo para você substituir o Chico. Nem sempre arrumar outro novo resolve a ausência de um antigo.

Mulher: Nem me fale do Chico... aquele cachorro.

Doutor: E qual era o nome desse novo?

Mulher: Eu coloquei Rex mesmo, pelo menos até conhecer melhor. Depois mudei para Zé. Será que foi isso? Mas essa foi a gota final. Eu desisto: Quero mudar de opção. A partir de hoje eu não crio mais nenhum cachorro. Agora é gato, papagaio, piriquito, o que for, mas cachorro nunca mais entra lá em casa. O que você me aconselha?

Doutor: Bom, dado o seu histórico: que tal um aquário?

Mulher: Ótimo! Peixes não são muito de fugir né?

Doutor: Se bem que tem uns que pulam. Melhor comprar um aquário com tampa, só por garantia.

Mulher: Obrigada Doutor, você é realmente um ótimo veterinário. Espero que pelo menos agora dê certo.

Mulher sai de cena

Doutor: Quem não tem cão... (Olha para os lados para ver se tem alguém olhando, pega a coleira e assovia) Zé! Bom Garoto! Vamos passear

domingo, 27 de junho de 2010

Oficina de Produção Teatral

Recebido via grupo virtual ENCUCA.

O Grupo Personalidades de Teatro, em parceria com a ASTECA (Associação Teatral de Cachoeiro) está organizando a Oficina de Produção Teatral, com Alberto Damit (Cia Baiana de Risos).
A oficina será voltada para produção teatral, mas seu conteúdo serve para qualquer projeto de produção cultural.
De 05 a 09 de julho, de 19h às 22h, Na Estação Ferroviária (Cachoeiro-ES). Serão 05 dias de oficinas, totalizando 15 horas.

Tópicos que serão oficinados:
01 – Estudo do projeto;
02 – Como transformar seu projeto atraente para escola, universidades, prefeituras e comercio;
03 – Como captar dinheiro;
04 – Como obter apoio para: Alimentação, hotel, lanches e mídia;
05 – Como vender um espetáculo;
06 – Quais as estratégias de divulgação;
07 – Qual a melhor forma de organizar e estimular seu grupo;
08 – Qual a melhor técnica de abordagens.

Resumo
· Cada grupo deve levar um projeto (inédito ou não);
· Cada pessoa deve levar papel e caneta;
· Cada participante receberá ao final do curso um certificado de 15h de duração assinado pelo palestrante.

Quem tiver interesse ou alguma dúvida, favor entrar em contato até o dia 02/07/2010 (sexta-feira) com Tonny Campbell (ian.phoenixxx@hotmail.com) pelo telefone (28) 9975-1173

Grupo Teatral Servos Livres
(  Tel.: (28) 9885-6281

quinta-feira, 17 de junho de 2010

FILMA EU! EU TÔ NA GROBO!

Eis que a vida é assim. Você estava de bobeira em casa no domingo, se preparando para dormir, acabou o Fantástico e eis que você vê um rostinho conhecido na TV.

- Não, não pode? Será que é um pássaro? Será um avião?
- Não! É a Fabíola no Central da Copa pagando mico para variar!


Toda a turma da Copa de Improvisação (post abaixo, leia!) estava lá: Grupo As Valentinas @asvalentinas / @silesteves, Ary Aguiar @aryaguiarjr, Flávio Lobo @lobocordeiro, Fábio Nunes @nunesfabio e eu. Fomos divulgar o evento e é claro mandar um beijo para nossa mãe, nosso pai e especialmente para você. E como não poderia ser diferente, quando o apresentador pediu voluntários, quem levantou? Quem? Quem? Eu mesmo! E foi uma linda cabeceada, estilo Adriano. rsrsrs

O que? Você não viu essa cena rara? Pois o youtube está aí para resolver isso.
http://www.youtube.com/watch?v=SPnO5xNok0U&feature=related

A partir do 5`20" você já pode ver uma linda menina de rabo de cavalo com a camisa vermelha de portugal (time que representei na Copa de Improvisação), dando uma bela cabeceada... hurum!! Mas que foi divertido, foi!

Já que eu já me diverti, agora é a hora de vocês curtirem!
Fama, aí vou eu! kkkkk

COPA DO MUNDO ... DE IMPROVISAÇÃO


 Já imaginou uma Copa do Mundo onde você escolhe as jogadas, vota nas melhores partidas e decide quem é o artilheiro? Para quem está a fim de assistir uma competição diferente com muito humor, surpresas, e fora dos padrões convencionais, vivendo fortes emoções com muita adrenalina, a Copa do Mundo de Improvisação, da Cia de Teatro Contemporâneo, em Botafogo, vai apresentar um bando de malucos no palco representando cenas a pedido do público.

Divididos em times, os favoritos não podem se distrair senão o azarão poderá pular a sua frente e ser o campeão. Pois nesse torneio tudo isso é possível. Os jogadores são improvisadores de carteirinha, e estão preparados para qualquer “passe”, qualquer bola e qualquer campo. Brasil, Argentina, Portugal, Japão, Itália e Camarões estarão nesta Copa! Um verdadeiro espetáculo de improvisação com os times e treinadores preparados para a grande jogada!

Todos os sábados e domingos de junho de 12 à 26 a Sede da Cia. de Teatro Contemporâneo vai se transformar numa verdadeira ‘sucursal’ da África do Sul numa copa de improvisações onde a cada semana um time será eliminado.

Cenas e jogos são propostos na hora, e o público, além de dar sugestões e torcer pelos seus times, ainda vota nas melhores encenações.

SEDE DA CIA. DE TEATRO CONTEMPORÂNEO – TEATRO I
De 12 à 27 de Junho
Rua Conde de Irajá 253 - Botafogo - Tel.: 25375204
Sábados as 21h e domingos às 20 horas / Duração - 70 minutos
Ingresso - R$ 20,00 (Meia entrada para idosos e estudantes.)
Capacidade: 100 lugares / Ar Condicionado / Lanchonete.
Site:   www.ciadeteatrocontemporaneo.com.br
Coordenação: Dinho Valladares
Produção: Cia Teatro Contemporâneo

Meus textos na Calçada!

Como assim? Na Calçada ?
É isso mesmo!




Respire antes de ler. Respire depois de ler. Tome ar.
A segunda edição da Revista Calçada traz sérios riscos de asfixia. Aconselha-se passear pelos lances eróticos do conto, mas avisamos logo que não é possível ficar ileso. Aos poemas, muito menos. São certeiros como um corte arterial. Dão tapas que exigem tempo.
Para respirar, use as crônicas. A leveza e a graça de cada uma delas.( Tá Fundido e Só ele é ( ) assim)
Se ainda houver fôlego, ouse a dança. Dance com Brena na releitura em áudio da crônica “Minha vizinha especial”, de Jeanne Bilich. E suba. Suba bem alto com os acrobatas de Vinicius de Moraes – em vídeo.
Por fim, descanse.
Logo, logo chega à público um especial sobre literatura erótica e pornográfica feito sem qualquer censura.
Quanto ao pudor? Esperamos que fique fora dessa Calçada – aqui tudo é permitido (inclusive artigos que misturam Guimarães Rosa e Homero).

Duas de minhas crônicas, já postadas aqui, estão na revista virtual Calçada.
Entrem lá, leiam, divirtam-se e comentem.

Se você ficou interesado em colocar seu trabalho (poemas, contos, crônicas, ensaios ou resenhas de livro para a revista) na Calçada também basta mandar um e-mail contendo texto e minibiografia do autor para revistacalcada@hotmail.com. Os textos devem estar anexados ao e-mail, no formato .doc.
Todo conteúdo enviado será avaliado e os autores que forem selecionados para publicação serão contactados pela equipe por e-mail.

Mais novidades em breve aqui no Blog!